Mycena ... de "gola alta"

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

mau Re: Mycena ... de "gola alta"

Mensagem  Loco Gato em Ter 24 Jan 2012, 01:21

Zamanita escreveu:Na minha (inexperiente) opinião, os queilocistídios parecem formar a tal banda estéril na aresta da lamina
O que se pretende frisar com isso, aqui nas Mycena, é que formam uma linha contínua, sem interrupções ao longo da aresta (em princípio, isso pode detectar-se com uma boa lupa binocular, se a aresta é irregular pode ser sinal de interrupções). Quando os há, costumam ser abundantes como aqui se vê. Boas preparações, de resto. Os divertículos/excrecências deveriam ser já visíveis.
Zamanita escreveu:Quanto ás ramificações, já não tenho a certeza da sua presença e estou indeciso sobre a origem destas dúvidas...
- ou de facto os queilocistídios não são ramificados,
- ou são limitações do microscópio,
- ou sou eu que não estou seguro delas, apesar de me dar a sensação que elas lá estão...
Partilho as dúvidas, talvez só se pudesse ver com um microscópio melhor. A única possibilidade de melhorar com o que há é montando num meio com índice de refracção mais elevado, por exemplo o hidrato de cloral, e usando óleo de imersão entre a lamela e a objectiva (mesmo que não seja objectiva de imersão, sempre ajuda).

Acrescento o link para o site de Aronsen, que põe em destaque o conjunto de espécies que se podem aproximar de M. galericulata (tabela). Chamo especial atenção para o facto de só M. galericulata, neste grupo, ter esporos com dimensões semelhantes às medidas dadas pelo Lebre (basídios bispóricos).

Também se vê na página, logo antes da tabela, esta frase interessante: «These species are in great need of further studies» — o que parece reflectir a dificuldade em definir os limites para cada espécie. Isto é, não se pode ser muito dogmático na avaliação dos caracteres. O passo a dar seria caracterizar o DNA de tudo quanto se apanhe deste grupo, e pode ser que houvesse umas surpresas...

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

mau Re: Mycena ... de "gola alta"

Mensagem  Zamanita em Ter 24 Jan 2012, 02:18

Loco Gato escreveu:Partilho as dúvidas, talvez só se pudesse ver com um microscópio melhor. A única possibilidade de melhorar com o que há é montando num meio com índice de refracção mais elevado, por exemplo o hidrato de cloral, e usando óleo de imersão entre a lamela e a objectiva (mesmo que não seja objectiva de imersão, sempre ajuda).

Obrigado pelas informações LOco Gato, são preciosas para quem está a introduzir-se neste outro lado do mundo dos cogumelos, que é a microscopia.
Se bem entendo a preparação seria feita com hidrato de cloral, coberta com a lamela e depois com o óleo de imersão por cima, certo? E neste caso não se utilizaria corante (vermelho do congo, por ex.) ou podia-se misturar com o hidrato de cloral?

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

mau Re: Mycena ... de "gola alta"

Mensagem  Loco Gato em Ter 24 Jan 2012, 11:11

Zamanita escreveu:Se bem entendo a preparação seria feita com hidrato de cloral, coberta com a lamela e depois com o óleo de imersão por cima, certo? E neste caso não se utilizaria corante (vermelho do congo, por ex.) ou podia-se misturar com o hidrato de cloral?
Sim, mas sublinho ter dito no contexto da investigação do Lebre "com o que há", ou seja: substituir o meio de montagem (provavelmente é o próprio corante, que não se perde porque fica impregnado nas células) pelo hidrato de cloral. A melhor técnica é colocar uma gota dum lado da lamela e absorver o líquido da preparação pelo lado oposto da lamela, aos poucos vai-se dando a sustituição.

Na página sobre a reacção com lugol para ascomicetos, um certo Otto Baral explica as vantagens do hidrato de cloral (neste contexto, deve ler-se apenas o 4º parágrafo da introdução; o resto da página tem a ver com diferentes tipos de reacção com o iodo em presença ou ausência de KOH). Resumindo, o hidrato de cloral destrói muitos componentes do citoplasma e tem um índice de refracção mais alto, os dois factores combinados resultam numa imagem mais nítida. Por isso, quando tenham ao dispor um bom microscópio e a visualização de detalhes na ordem de 1 µm seja fundamental, recomenda-se o uso de hidrato de cloral como meio de montagem.

O óleo de imersão serve também para manter o índice de refracção elevado, ver por exemplo "Objectiva de imersão", "A abertura numérica AN da objectiva é dada pela fórmula" e Poder de resolução.


Última edição por Loco Gato em Ter 24 Jan 2012, 11:11, editado 1 vez(es) (Razão : gralha)

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

mau Re: Mycena ... de "gola alta"

Mensagem  Zamanita em Ter 24 Jan 2012, 19:26

Obrigado pelos esclarecimentos e pelos links. Wink

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

mau Re: Mycena ... de "gola alta"

Mensagem  Lebre em Ter 24 Jan 2012, 22:30

Depois da mensagem de hoje do Loco Gato pensei: "Quem não tem cão caça com gato". Hidrato de cloral não tenho, mas este entra na composição do reagente de Melzer e decidi experimentar uma preparação feita com este. Pelo menos este exercício, de que anexo um quadro, teve a virtude de me fazer concluir que estava à procura de "uma coisa" que provavelmente não existia. Em parte esta conclusão também deriva do facto de eu me ter lembrado que em tempos tinha observado uma Mycena e de ter concluído que provavelmente seria M. galericulata. Pus mão à obra de localizar essa observação e de verificar que tinha exsicata desse material. O resultado será apresentado noutro tópico que criarei em breve intitulado "Mycena galericulata?". Relativamente a este tópico, talvez a opção que o Zamanita tinha sugerido - Mycena niveipes - não seja de excluir.


Preparação em Melzer.

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

mau Re: Mycena ... de "gola alta"

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum