Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Dom 29 Abr 2012, 17:55

Mais um fruto do Parque de Monsanto de uma zona dominada por sobreiros, neste caso um Boletus. Eis algumas características deste exemplar:
- Chapéu praticamente hemisférico; cutícula seca, tomentosa, de cor castanho acinzentado com tendência a gretar; margem ligeiramente excedente;
- Himenóforo constituído por tubos altos quase livres terminados por poros circulares muito finos; de cor amerelo/esverdeado muito intensa;
- Pé robusto em forma de maça de cor base amarelada marcado por manchas vermelhas e exibindo um reticulado algo esbatido;
- Carne de cor branca imutável ao corte com excepção da zona de inserção dos tubos que apresenta tons amarelados.

De acordo com o meu guia estas características correspondem às da espécie B. aestivalis, nome que proponho para este exemplar.

Fotografias:









Última edição por Lebre em Seg 07 Maio 2012, 22:26, editado 1 vez(es)

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Frans em Seg 30 Abr 2012, 23:05

Hola Lebre, se trata de Hemileccinum impolitus, si te fijas no tiene reticulo en el pie y si punteaduras, de color amarilo con esfumaciones rojizas en la base.

Saludos.

Frans
micélio primário
micélio primário

Número de Mensagens : 37
Fungónimo : Todas las setas se pueden comer, algunas solo una vez.
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/08/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Zamanita em Seg 30 Abr 2012, 23:24

Olá lebre. Estou a ver que a coisa já puxa por aí... Wink
Concordo com a identificação do Frans. Já a classificação (Hemileccinum) custa-me um pouco a "engolir" estas modernices (avanços da ciência dirão outros...). Fica-lhe tão bem Boletus impolitus... scratch
Podes confirmar o cheiro a iodo na base do pé.
Um abraço

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Ter 01 Maio 2012, 00:20

Mais uma vez errei o alvo. Que falta de pontaria. Ainda por cima, antes de atirar, estive a ver o tópico anterior "Que boleto?-II" onde B. impolitus figurava. Sem desculpa!
Muito obrigado aos dois, Frans e Zamanita, pela correcção.
Saudações,
Lebre


Última edição por Lebre em Ter 01 Maio 2012, 18:12, editado 1 vez(es)

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Loco Gato em Ter 01 Maio 2012, 15:23

Tenho as minhas dúvidas sobre vários aspectos da discussão. A mais importante é sobre a identificação. Segundo Simonini e Ladurner, o que eles designam Xerocomus impolitus tem (na minha tradução, disponível no GUME): «Contexto amarelo em toda a extensão do córtex do pé e sobre os tubos, tricoderme, esporos largura média 4,5 μm». A espécie mais próxima, também com aspecto boletóide, é X. depilatus, que se distingue por ter «Superfície do chapéu violeta a lilás com amoníaco (fresco), cutícula epitelióide, esporos largura média 5,4 μm», sem referência ao contexto. Embora se note numa das imagens uma linha fina amarela no contexto junto aos tubos (o que desde já remove a possibilidade de haver problema com a luminosidade), não há nada mais com essa cor, e isso contrasta com tudo o que eu até agora vi em X. impolitus. Só que consultei alguns guias e eles não são tão firmes a dar a cor amarela no contexto. Por isso, Lebre, seria importante fazer o teste do amoníaco, e ver o tipo de cutícula (a tricoderme tende a ter um toque aveludado, mas não forçosamente tomentoso). O cheiro a iodo é comum às duas espécies, mas convém confirmar.

Sobre o nome Hemileccinum impolitum. A proposta vem de Sutara, no artigo de 2008 disponível aqui. Ao fim de praticamente 4 anos, o Index fungorum apresenta um registo provisório, mas declara como aceite Boletus impolitus. Porquê? Na minha opinião, porque Sutara se está a antecipar, incidindo apenas sobre a reclassificação dos Xerocomus, e não é isso que se está a desenrolar actualmente. O problema dos boletos é muito mais vasto, e a reclassificação dos Xerocomus tem de levar isso em conta.

Refiro-me ao artigo de Binder e Hibbett, que data de 2006. Se olharmos para a reconstrução filogenética na figura suplementar 1 (que já apresentei aqui no forum a propósito do género Leccinellum), vemos na página 2 o ramo 7 incluir um ramo com o grupo subtomentosus (incluindo os Phylloporus, como já antes reconheciam Simonini e Ladurner), mais abaixo vem o grupo de impolitus (aparentado com Aureoboletus, Pulveroboletus e outros), e do lado direito um grupo que inclui todos os outros, semeados entre Tylopilus e Strobilomyces, para referir os mais relevantes (nota: o Xerocomus parasiticus é aqui referido como Pseudoboletus p., aliás é uma proposta de Sutara já bastante antiga e que está sancionada). Isto quer dizer que o género Xerocomus tem origem múltipla, e pela classificação natural devia ser

O artigo de Sutara mais não faz que pôr nomes ao segundo e parte do terceiro grupos, respectivamente Hemileccinum e Xerocomellus, deixando o Xerocomus em sentido estrito apenas com o grupo subtomentosus (mas sem os Phylloporus, contra a opinião de Simononi e Ladurner). Os argumentos resumidos nas tabelas comparativas dão a este artigo pelo menos o valor de acrescentar mais pontos de reflexão interessantes; contudo, cai na armadilha de querer tratar duma parte sem perspectivá-la no todo, o que pode vir a invalidar as classificações propostas. A posição conservadora, voltando ao estudo de Binder e Hibbett, é a de não mexer para já, pois é bem patente que o próprio género Boletus está sujeito a grandes redefinições (no extremo, podia considerar-se o dito ramo 7 um só género, Boletus). Espero ter sido claro com esta minha crítica.

Antes de iniciar esta resposta encontrei um post nos Yahoo Groups, por alguém que obviamente não conhece o problema e o discute com quem também não o sabe; mas como seria de esperar, chega aos mesmos resultados no essencial, vindo com a ideia dos Pseudo-Xerocomus! Os PDFs com reconstruções filogenéticas são talvez mais fáceis de ler:
Note-se que eu tenho o maior respeito por abordagens clássicas como a de Sutara, o problema está na importância sempre subjectiva que se dá a cada carácter diagnosticante: os estudos moleculares têm ajudado imenso a dar uma maior objectividade pois têm por trás uma teoria que se pode assumir aplicar universalmente. A Micologia tem sido imensamente "rearranjada" por causa disso, e para bem.

Mas ninguém pode ser mais papista que o papa! Isto, para dizer que a posição dos Porphyrellus no meio do grupo do Boletus edulis parece estar relacionada com o modo especial de evolução do nuc-lsu (o utilizado por Binder e Hibbett), o que não é patente noutros genes, como mostra a figura 3 do estudo de Dettinger et al.!

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Ter 01 Maio 2012, 18:28

Caro Loco Gato,
Obrigado pelo seu comentário e por partilhar as suas dúvidas. Fiz os testes que sugeriu, incluindo:
1- Reacção ao amoníaco - usei para o efeito as duas concentrações de que dispunha, mas nenhuma é "fresca". A mais concentrada deve estar em melhor estado por não ser tantas vezes usada; anexo uma fotografia.
2- Análise microscópica da cutícula - anexo dois quadros com as imagens que me pareceram mais significativas;
3- Medição dos esporos - obtive os seguintes resultados:
(12) 12.5 - 15.2 (17.1) x (4.7) 5.1 - 5.7 (6) µm
Q = (2.1) 2.3 - 2.8 (3.4) ; N = 35
Me = 13.9 x 5.4 µm ; Qe = 2.6
Como sabe não consigo obter grande precisão nas dimensões, mas a menor das que obtive para a largura é superior a 4.7 µm; anexo uma fotografia.
Aguardos os seus comentários, já que eu de boletos (s. l.) pouco percebo.
Saudações,
Lebre








Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Ter 01 Maio 2012, 18:33

Na minha mensagem anterior esqueci-me de mencionar que não sinto nenhum odor significativo na base do pé, muito menos a iodo.

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Loco Gato em Ter 01 Maio 2012, 21:22

Os valores da largura dos esporos e a reacção ao amoníaco concentrado apontam claramente para Xerocomus depilatus.

O cheiro a iodo nota-se especialmente ao expor-se a carne pela primeira vez. Se fizer um corte de fresco deverá conseguir sentir.

As preparações não são muito claras, mas uma pergunta: achava a cutícula aveludada?

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Ter 01 Maio 2012, 21:34

Essa questão não se me colocou na altura. O que é facto é que ela é aveludada ao tacto, como acabei de comprovar.
Obrigado Loco Gato pelo interesse manifestado.

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Loco Gato em Qua 02 Maio 2012, 02:03

Isto das fotos digitais tem muito que se lhe diga... Vi esta tarde num computador a cor deixada pelo amoníaco concentrado e parecia arroxeado, agora noutro computador parece mais avermelhado. Tenho de reler o Simonini e Ladurner para avaliar a importância e variabilidade deste carácter. A olho nu era que cor, para si?

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Qua 02 Maio 2012, 10:34

Problema delicado e que não tem só que ver com as fotos digitais, uma vez que, eu próprio, na altura da reacção tive dúvidas relativamente à cor. Eu descreveria assim: cor avermelhada com uns leves tons arroxeados, manisfestos na zona onde a cutícula é mais irregular. É o de melhor que consigo dizer.

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Loco Gato em Qui 03 Maio 2012, 23:39

Estou muito grato por este post do Lebre, pois levou-me a rever as minhas chaves de Xerocomus s.l. baseadas na obra de igual título da série Fungi Europaei, de Ladurner e Simonini. A revisão passou pelo carácter que deu início às minhas dúvidas: a cor amarela da carne no subcórtex do pé (ausente das fotos) e na base dos tubos (presente): X. depilatus e X. impolitus não se distinguem! Quanto ao exemplar fotografado pelo Lebre, talvez represente um estádio de maturação incipiente ou então um caso extremo na variabilidade natural de formação desses tons amarelos. Digamos que a presença do amarelo na base dos tubos já é satisfatória mas, tal como o cheiro a iodo, não permite distinguir as duas espécies.

Segundo o que li nessa obra e noutras, a distinção entre estas duas espécies baseia-se em:
Carácter diagnosticante X. depilatus X. impolitus Comentário
Largura média dos esporos (µm) 5,4 4,5 forte peso diagnosticante, desde que se garanta que a medição é com esporos maduros
Cutícula (pileipellis) epitelial tricodérmica "tendencialmente"
Reacção com amoníaco no chapéu violeta a lilás (não especificado) o exemplar deve ser fresco
Outros caracteres: (considero-os de muito menor valor diagnosticante que os anteriores)
Forma do pé xerocomóide, tortuoso boletóide descrições têm evoluído desde a distinção taxativa à relativização (tendência); é um carácter que pode ser bastante variável, e a minha suspeita é que esta distinção seja influenciada pelo holótipo de X. depilatus; acontece serem atípicos, os holótipos!
Clima centro e norte da Europa mediterrânico "vicariantes"? A verdade, é que se sabe bem pouco sobre a distribuição de X. depilatus, e se este achado for dessa espécie torna-se ainda mais interessante.
Em suma, seria óptimo termos imagens mais fáceis de interpretar sobre a anatomia da cutícula pois, embora pareça X. depilatus, este carácter crítico tem de ser comprovado. Se for essa espécie, deve figurar com uma descrição bastante exaustiva no MushroomObserver, pois a sua localização torna-o bem interessante.

Nota: uma possibilidade algo louca, é ser um híbrido entre as duas espécies! Espero que não...

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Sex 04 Maio 2012, 00:06

Em primeiro lugar o meus agradecimentos ao Loco Gato pelo excelente resumo comparativo que nos proporcionou das duas espécies em análise.
Em segundo lugar uma nota de tristeza. Quando ía para fazer mais uma preparação reparei que a amostra estava a liquefazer-se, como resultado de uma má secagem. Assim apenas posso acrescentar mais algumas imagens (da cutícula) das que já tinha recolhido.
Agora uma nota de "incomodidade". Eu com os meus parcos meios (não disponho de literatura específica sobre boletóides) recorri à internet e, sem querer levantar alguma dúvida sobre o que foi dito pelo Louco Gato, venho acrescentar um factor, que pode ser de monta, contra X. depilatus. Em várias páginas (algumas das quais me parecem credíveis) encontrei referência a uma particularidade distintiva desta espécie: as terminações globosas da hifas da suprapelis. Não encontrei nada disto nas preparações que fiz. Deixo alguns links sobre este carácter específico:
funghiteramani.it; mycosmpm.fr; micologia.net-1 (ver o texto onde está a figura das hifas da peliopelis); micologia.net-2; paxillus.ch;


Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Zamanita em Sex 04 Maio 2012, 03:04

Partilho o agradecimento do lebre ao Loco Gato pelo resumo comparativo entre as duas espécies, bem como pelas reflexões sobre a evolução da classificação e nomenclatura dos Boletus s.l.

Relativamente à nomenclatura, gostava de sublinhar que apenas “me custa um pouco engolir “ as alterações ou reclassificações, mas depois de justificadas e de aceites pela comunidade cientifica, que remédio tenho eu, senão aceitá-las também… o que me parece realmente importante é que os taxons estejam bem definidos e que quando alguém se refere a um qualquer exemplar, se faça entender e se saiba exatamente de que táxon se está a falar. Foi o que aconteceu aqui…

Relativamente ao exemplar em questão, confesso que quando concordei com o Frans, não considerei a hipótese Boletus depilatus (falha que se deve ao facto de encontrar bastantes vezes B. impolitus e de pensar que já o conheço bem... Embarassed )

Consultando a bibliografia que disponho sobre Boletus s.l. (Alessio, Fungi Europaei nº2 – Boletus e Calzada Dominguez, Guia de los Boletos de España e Portugal), a nível macroscópio partilho algumas das dúvidas do Loco Gato. Já a nível microscópico parece-me mais clara a trama cutícular constituída por hifas em forma de bastão (mais finas) e não tipo himeniforme com células terminais claviformes ou globosas, o que seria de esperar em B.depilatus.

Passo a referir os caracteres distintivos entre as duas espécies, segundo Alessio (Fungi Europaei):
- a cutícula de B.impolitus apresenta um fino aveludado, constituído por hifas finas em forma de bastão, enquanto em B.depilatus o tecido é constituído por células globosas em forma de bexiga. (aqui aponta claramente para B.impolitus)
- em B.depilatus o píleo apresenta pequenas depressões ou cavidades (“maleato” – como Amanita maleata); pelo contrário, em B. impolitus o píleo é mais regular. (neste caso fico com dúvidas...)
- estipe de forma mais esbelta (até sinuosa) em B.depilatus, estreitando na base, quase radicante (Calzada Dominguez refere que o pé é sempre radicante) (também deixaria algumas dúvidas...)
- como último caractere (ainda que refira ser menos seguro)aponta a cor da cutícula: castanho couro ou cor de avelã em B. depilatus e castanho avermelhado, com tendência a verde, verde-acinzentado em B.impolitus. (também me parece apontar mais para B.impolitus...)

Sem dar nenhum tipo de primazia a estes trabalhos relativamente a outros (por exemplo os mais recentes Fungi Europaei de Ladurner e Simonini (Xerocomus s.l.) ou de Muñoz (Boletus s.l.), os quais não disponho), importa referir que estes autores consideram como o caracter mais diagnosticante a estrutura cuticular, pelas diferenças evidentes entre as duas espécies, não referindo a largura média dos esporos.

Juntando a estes aspectos, os locais referenciados para a frutificação de B.depilatus (com maior tendência para o centro e norte da europa), estou convicto que estamos perante um B.impolitus.




Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Loco Gato em Sex 04 Maio 2012, 08:43

As últimas imagens são categóricas: cutícula tricodérmica. Donde, Boletus impolitus (= Xerocomus impolitus). Não restam dúvidas. Parabéns ao Lebre por mais um trabalho exemplar.

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Loco Gato em Sex 04 Maio 2012, 09:57

Já está feita a emenda e acualização das chaves de Xerocomus no GUME.

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Sex 04 Maio 2012, 22:49

Os meus agradecimentos renovados ao Loco Gato, ao Zamanita e ao Frans por permitirem esta identificação que eu classificaria de cabal, não
deixando margem para qualquer dúvida.
O primeiro deles, Loco Gato, tem vindo a fazer um trabalho notável no que diz respeito a textos de apoio (incluindo identificação, reagentes, microscopia, etc.) e chaves, particularmente de Xerocomus no caso dos boletóides.
Mas do segundo, Zamanita, que é sem sombra de dúvida um dos nossos mais profundos conhecedores de boletóides, não temos tido grande
conhecimento do seu trabalho neste campo, para além da sua frequente ajuda aqui no fórum na identificação das espécies que vão surgindo. Por isso, não queria deixar de lhe lançar aqui um (ou vários) reptos:
- Como ajudaria ele os leigos como eu (neste tipo de cogumelos, em particular) a separar os diferentes géneros?
- Quais as espécies de boletóides existentes em Portugal?
Se a anterior for demasiado ambiciosa,
- Quais as que ele já observou ? (incluíndo, se possível, algumas notas acerca dos respectivos habitats).
- Quando nos dá a conhecer aquelas preciosidades que já identificou, depois de muito trabalho com chaves e reagentes?
Infelizmente do terceiro, Frans, pouco conheço e espero que tenha uma maior intervenção no fórum e que nos dê a conhecer mais algumas espécies do país vizinho, que não creio serem muito diferentes das nossas.
Saudações micológicas,
Lebre

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Loco Gato em Sab 05 Maio 2012, 18:12

Lebre escreveu:separar os diferentes géneros?
Embora a pergunta seja para o Zamanita, posso adiantar alguma coisa (necessariamente, são chaves, as de Moser):
1. Corpo frutífero ± rijo, seco, quase como cortiça ou madeira. Tubos curtos, não-separáveis, esporada branca, esporos ± cilíndricos: Polyporus
1. Corpo frutífero carnudo (Boletaceae, Gyrodontaceae, Strobilomycetaceae): 2
2. Cor escura ou chapéu escamoso, esporada escura
  3. Chapéu com grandes escamas erectas quase como telhas, himenóforo branco a cinzento, esporos esféricos com rede de cristas, esporada negra a púrpura: Strobilomyces
  3. Corpo frutífero ± uniformemente acastanhado escuro, himenóforo jovem cinzento, esporos alongados ou elípticos: Porphyrellus
2. Sem essas características, esporada pode ser rosa, amarela, etc.: 4
  4. Himenóforo amarelo, esporos com fina estriação longitudinal e pequeno poro truncado: Boletellus
  4. Sem esta combinação de características: 5
    5. Himenóforo jovem esbranquiçado: 6
      6.Himenóforo maduro torna-se ocráceo, amarelado ou verde oliváceo: 7
        7. Pé oco ou cavernoso, chapéu seco, esporada amarelo pálido, himenóforo deprimido à volta do pé: Gyroporus
        7. Pé maciço geralmente espesso na base. Esporada olivácea (esverdeada ou acinzentada): Boletus
      6. Himenóforo maduro permanecendo esbranquiçado ou ficando ± cinzento ou rosa: 8
        8. Pé com pequenas escamas brancas, castanhas ou negras, cutícula baça frequentemente projectando ligeiramente na margem, himenóforo deprimindo marcadamente à volta do pé, frequentemente ficando acinzentado: Leccinum)
        8. Pé com rede grossa, às vezes muito clavado, himenóforo fica rosado, esporada rosa-carne: Tylopilus
    5. Himenóforo jovem colorido (amarelo, oliváceo, esverdeado ou laranja a vermelho): 9
      9. Tubos muito largos (e poros também) mas curtos, himenóforo decurrente até ao pé, cutícula tomentosa, véu (anel) presente, pé muitas vezes oco, esporada umbra: Boletinus
      9. Tubos e poros mais estreitos, ou outras combinações de características: 10
        10. Chapéu húmido de toque ± gorduroso ou viscoso: 11
          11. Pé ligeiramente pegajoso/gorduroso, chapéu rosa, himenóforo amarelo-dourado, esporada castanho-olivácea, esporos fusiformes ou elípticos, cistídeos grandes: Aureoboletus/Pulveroboletus
          11. Pé seco (quanto muito com anel de toque viscoso): 12
            12. Himenóforo fortemente decurrente até ao pé, tubos curtos (< 4 mm) amarelos, ficando azuis após pressão, chapéu ± gorduroso ao toque: Gyrodon
            12. Himenóforo não-decurrente, tubos relativamente mais longos: 13
              13. Himenóforo amarelo, oliváceo (amarelado a esverdeado) ou laranja claro, chapéu geralmente gorduroso ao toque, excepcionalmente tomentoso, pé seco com ou sem véu, esporada ocre, castanho oliváceo a castanho umbra, cistídeos grandes, incrustados: Suillus
              13. Himenóforo laranja-canela a carmim ou vermelho framboesa, pé sem véu (anel) com trama e micélio basal amarelos: Chalciporus
        10. Chapéu, sem ter toque gorduroso ou viscoso, mesmo quando húmido: 14
          14. Himenóforo ± decurrente até ao pé, relativamente curto, cores de enxofre claro a amarelo-crómio nos poros, reacção azul nas zonas lesionadas. Corpo frutífero crescendo sobre madeira (inclusivamente sobre raízes podres): Aureoboletus/Pulveroboletus
          14. Himenóforo ± indentado ou adnato. Corpo frutífero não crescendo sobre madeira: 15
            15. Pé algo fendido ou em escamas, com o toque da flanela, frequentemente sulcado, himenóforo e pé ± amarelo: Leccinum
            15. Pé não-escamado: 16
              16. Pé espesso e ± alargado para a base, himenóforo deprimido ou quase livre à volta do pé, cores amarela, amarelo-esverdeada ou laranja a vermelho: Boletus
              16. Pé sem alargar para a base: 17
                17. Carne, himenóforo e pé ficando ficando marcadamente azul onde premida ou lesionada: Boletus
                17. Reacção azul discreta ou ausente: 18
                  18. Sem véu (anel), ou então himenóforo jovem oliváceo bastante escuro, trama dos tubos não-bilateral: Suillus
                  18. Himenóforo jovem amarelo ou amarelo-esverdeado, trama dos tubos bilateral, sem véu (anel): Xerocomus

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Sab 05 Maio 2012, 20:18

Obrigado, Loco Gato.
Fiquei com uma dúvida. Estas chaves já existiam aqui no fórum ou no GUME e eu não as vi?
Saudações,
Lebre

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Loco Gato em Dom 06 Maio 2012, 06:41

No GUME. Há lá várias chaves de géneros, mas as melhores são as de Moser.

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Zamanita em Ter 08 Maio 2012, 04:47

Lebre escreveu:
- Como ajudaria ele os leigos como eu (neste tipo de cogumelos, em particular) a separar os diferentes géneros?
- Quais as espécies de boletóides existentes em Portugal?
Se a anterior for demasiado ambiciosa,
- Quais as que ele já observou ? (incluíndo, se possível, algumas notas acerca dos respectivos habitats).
- Quando nos dá a conhecer aquelas preciosidades que já identificou, depois de muito trabalho com chaves e reagentes?
Lebre

Amigo Lebre, antes de mais agradeço as palavras simpáticas mas certamente ainda tenho muitas espécies de Boletus s.l. para conhecer e encontrar em Portugal, para poder dizer as que efectivamente existem. Posso sim partilhar as que já encontrei e identifiquei, quase exclusivamente baseado em caracteres macroscópicos e seguindo os livros que referi na mensagem anterior. Amanhã faço o post. Depois, com mais tempo vou mostrando os mais interessantes ou os que quiser ver.


A separação dos géneros (numa perspectiva mais clássica, sem ter em conta alterações recentes) com uma boa chave, como a de Moser, não me parece oferecer grandes dificuldades (com excepção de alguns Xerocomus com porte mais boletóide).

Deixo outra chave, eventualmente menos completa mas mais simples, tirada de Guia de los Boletos de España y Portugal, de Calzada Dominguez:

1A Chapéu coberto de grossos flocos ou placas escamosas em forma de pinha. Esporos globosos que apresentam uma superfície reticulada.......... Género Strobylomyces

1B Chapéu diferente.......... 2


2A Pé cavernoso com a superfície exterior dura, parecido com cortiça......... Género Gyroporus

2B Pé cheio e sem diferença notável entre a dureza do exterior e do núcleo do pé.......... 3


3A Associado a Amieiros (Alnus sp.) com os tubos muito curtos e muito decorrentes......... Género Gyrodon

3B Características diferentes .......... 4


4A Esporada de cor rosada .......... Género Tylopilus

4B Esporada de cor castanho púrpura .......... Género Porphyrellus

4C Esporada de outra cor .......... 5


5A Exemplares de pequenas dimensões com os poros angulosos e restos miceliares amarelados na base do pé .......... 6

5B Características diferentes ........... 7


6A Esporos fusiformes ........... Género Chalciporus

6B Esporos esférico-ovoides .......... Género Rubinobuletus


7A Exemplares de pequenas dimensões com os poros redondos e de cor amarelo dourado intenso e superfície ligeiramente viscosa ................... Género Aureoboletus

7B Características diferentes ........... 8


8A Frutificando sobre madeira ou restos decompostos de madeira ou serradura ............ Género Buchwaldoboletus

8B Frutifica noutro substrato ........... 9



9A Superfície do pé apresenta escabrosidades ou granulações muito patentes ............ Género Leccinum

9B Superfície do pé apresenta finas exsudações leitosas ou é liso mas com chapéu viscoso ou raramente feltrado ...........Género Suillus

9C Superfície do pé lisa apresentando ou não uma fina retícula (ou ponteado, acrescento eu) sobre o mesmo .......... Género Boletus

9D Superfície lisa ou com ligeiras nervuras longitudinais mas mas com chapéu tomentoso .......... Género Xerocomus



Também por aqui já começaram a sair... Esta semana vi Boletus queletii, Boletus luridus e Boletus aereus, assim como Suillus collinitus. Com a chuva que já caiu e o calor que se avizinha a primavera promete ser boa para a boletada!! Razz



Última edição por Zamanita em Ter 08 Maio 2012, 11:58, editado 1 vez(es) (Razão : Pequena correcção)

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Loco Gato em Ter 08 Maio 2012, 08:46

Gosto desta chave, é bastante prática, e actualizada com géneros mais recentes que a de Moser (Rubinoboletus, Buchwaldoboletus). Só acho a chave 9 um pouco limitada, deixa alguma margem para dúvidas entre os 4 géneros.

O termo "acostilhado" referente à superfície do pé em Xerocomus pode ser adaptado ao conceito de nervura, ficando: com ligeiras nervuras longitudinais.

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Zamanita em Ter 08 Maio 2012, 11:57

Também me parece que a chave 9 é a mais ambígua, principalmente na diferenciação entre Xerocomus e Boletus.
Vou corrigir o acostilhado...

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Lebre em Ter 08 Maio 2012, 21:00

Olá Zamanita,
Obrigado pela resposta. Fico à espera dos tópicos subsequentes, pois imagino que tens muito para nos mostrar. Agradeço também a chave, que apenas vi superficialmente. No entanto, ao ver a mensagem do Loco Gato relativo ao ponto 9, lembrei-me do seguinte: Suillus granulatus parece-me que tem "granulações muito patentes" no pé, o que de acordo com a chave nos levaria ao género [i]Leccinum{/i]. Há evidentemente mais exemplos semelhantes.
Um abraço,
Lebre

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Zamanita em Ter 08 Maio 2012, 22:04

Lebre, diria antes que Suillus granulatus tem granulações no pé originadas pelas exsudações ou gotículas, que depois de secas, lhe dão relevo. As granulações ou escabrosidades (prefiro este termo) no género Leccinum são muito mais evidentes, com maior relevo, tornando-se difícil a confusão com os Suillus.
De qualquer forma as granulações na chave 9 , talvez possam induzir em erro, se os exemplares de Suillus estiverem já algo secos.

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boletus impolitus (era:B. aestivalis?)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum