Gyroporus cyanescens

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Gyroporus cyanescens

Mensagem  Zamanita em Sex 25 Maio 2012, 03:44

Gyroporus cyanescens

Arcos de Valdevez, setembro de 2011, acima dos 600m de altitude
É uma espécie lindíssima que não apresenta dificuldades na identificação.

HABITAT: matas de folhosas em montanha (castanheiros, bétulas)

CHAPÉU: até 14 cm de diâmetro. Inicialmente hemisférico-convexo, finalmente
aplanado. Cutícula seca, granulosa, não separável, creme. Adquire tons azuis
escuros ao toque. Margem frequentemente fendida.

HIMÉNIO: Tubos inicialmente brancos, adquirem posteriormente tons creme.Os poros são concolores adquirindo mais tarde umas manchas mais escuras acastanhadas. Azulam intensamente ao toque.

PÉ: até 8 x 4 cm. Cavernoso, com os mesmos tons do chapéu.Claviforme.
.
CARNE: branca, inicialmente compacta mas quebradiça, depois mais esponjosa. Azul intenso ao corte.

CHEIRO: ligeiro fúngico
SABOR: agradável adocicado

As fotos não são as melhores mas são esclarecedoras

A consistência da carne é parecida com os Russulales




Pé cavernoso, característico do género Gyroporus. Espectacular viragem da carne para azul.


Poros inicialmente brancos, escurecem para creme/castanho


Última edição por Zamanita em Sab 26 Maio 2012, 04:48, editado 1 vez(es) (Razão : Correcção de gralha)

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gyroporus cyanescens

Mensagem  Lebre em Sex 25 Maio 2012, 21:16

De facto, ESPECTACULAR.
Obrigado, Zamanita, por mais este belo tópico.
Os exemplares em si não são nada de especial, mas a reacção azul é cinco estrelas. A propósito desta lembrei-me que recentemente li um artigo sobre as reacções dos boletóides ao corte. Na maior parte deles a reacção de viragem a azul é provocada pela oxidação devida ao ácido variegático, mas no G. cyanescens tal reacção é causada pela oxidação da gyrocianina. Nesse artigo são explicadas as reações
químicas de um grande número de boletóides, mas a "minha química" não me permite adiantar muito mais. O link para esse artigo é "fungimag".
O material do tópico tem origem em Arcos de Valdevez, terra muito aprazível onde estive à cerca de ano e meio. Já os encontraste noutros sítios, ou neste caso a altitude é também factor determinante?
Um abraço,
Lebre

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gyroporus cyanescens

Mensagem  Zamanita em Sab 26 Maio 2012, 05:33

A gyrocianina efectivamente provoca uma bela reacção... mas também não vou longe na química. Very Happy
Não sei se a altitude será um "factor determinante", nunca vi nenhuma referência a isso. O livro do Calzada Domínguez tem um mapa de distribuição na península ibérica e em Portugal é dado para o Minho, Trás os Montes e para a Extremadura.
Coloquei a nota dos 600m porque dos 3 locais onde encontrei Gyroporus cyanescens, esta foi a mais baixa.
Na Serra da estrela encontrei a mais de 1200m e na Sanábria (Espanha) também deveria rondar os 1000m...
Abraço
zamanita

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gyroporus cyanescens

Mensagem  Loco Gato em Qui 07 Jun 2012, 00:27

verde de inveja.... Lindo!

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 56
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gyroporus cyanescens

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum