Lepiota spp. em Monsanto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lepiota spp. em Monsanto

Mensagem  Lebre em Seg 12 Nov 2012, 22:16

No género Lepiota, como em muitos outros, sou ainda um noviço. De facto, no passado apenas encontrei de quando em vez e muito esporadicamente exemplares deste género. Mas, neste fim de semana, as coisas mudaram e observei apenas numa saída mais espécies do que aquelas que até agora tinha encontrado ... “Ele à coisas do diabo”! Parecia eu que estava num curso de LEPIOTAS. Se duvidam, vejam as "coisas" que encontrei.
Dado o meu desconhecimento da matéria é provável que alguns do nomes que a seguir proponho não sejam os correctos, são apenas aqueles que numa breve consulta à Flora Agaricina Neerlandica (FAN) me pareceram os mais adequados. Quando dispuser de algum tempo tentarei obter dados da microscopia, mas como neste género os esporos são muito pequenos e as outras características algo semelhantes, não será daqui que virá grande ajuda. Conto, pois, convosco para tentar estabelecer as classificações correctas.
Por se tratar de um tópico extenso serei relativamente contido nas descrições e fotografias, evidenciando apenas os aspectos principais dos exemplares de cada uma das observações.

1) Lepiota carinii- Secção Echinatae
De acordo com a chave na FAN do género Lepiota para as espécies com escamas agudas no chapéu (Secção Echinatae), tendo em conta que:
- a aresta das lâminas é branca e concolor com as faces das lâminas;
- a relação entre o diâmetro do chapéu e o comprimento do pé está no intervalo [.8, 1] (não fiz medições com o material fresco, mas em seco esta relação é 0.9);
há como hipóteses três espécies: L. carinii, L. echinacea e L. jacobi. As descrições destas espécies são semelhantes, mas acabei por descartar L. jacobi, por ter as escamas do pé mais flocosas. Finalmente, escolhi L. carinii por ser a que tem escamas de menor dimensão no píleo.

Características principais:
- Chapéu mais ou menos hemisférico, cor castanha, coberto por escamas espinhosas de cor castanho escuro, dispostas em círculos concêntricos e mais densas junto à margem; margem apendiculada;
- Lâminas de cor clara, esbranquiçada a cremosa, espaçamento muito apertado e inserção livre;
- Pé praticamente cilíndrico muito ligeiramente bulboso na base, com uma zona anular acima da qual é de cor branca a creme, fibriloso, e na parte de baixo é revestido por escamas castanho/avermelhado maiores e menos bem definidas que no chapéu, mais densas na direcção da base; alguns pequenos cordões micelares na base; O exemplar mais jovem apresentava umas fibrilas acastanhadas junto ao ápice (restos de véu).




2) Lepiota forquignonii - Secção Ovisporae, Subsecção Felininae
Recentemente numa saída com O Pedro Claro vi pela primeira vez uma espécie desta secção: L. felina. Por isso, não tive dificuldade em associar a espécie deste exemplar (único) com aquela. Penso que neste caso a espécie é L. forquignonii, de acordo com a descrição na FAN. É desta subsecção aquela que tem uma relação diâmetro do chapéu / comprimento do pé próximo de 1 e não tem anel (ao contrário de L. felina).

Características principais:
- Chapéu ainda convexo mas praticamente plano, com um grande mamelão central; Cutícula de cor base clara (cinzento acastanhado), revestida de pequenas escamas mais escuras com distribuição mais ou menos concêntrica na coroa e margem, sendo também escamosa ao centro onde é castanha escura com tons oliváceos, margem levemente involuta;
- Lâminas de cor bege a acinzentado, espaçamento moderadamente apertado e inserção livre, altas;
- Pé cilíndrico, ligeiramente encurvado, de cor clara, fibriloso, cuja parte inferior é flocosa e constituída por anéis mal definidos de pequenas escamas concolores com as do chapéu; alguns cordões micelares na base.




3) Lepiota brunneoincarnata - Secção Ovisporae, Subsecção Helveolinae

Características principais:
- Chapéu cónico-convexo com um umbo central; Cutícula de cor base creme mas com uma densa camada de escamas cor-de-vinho, mais escuras e densas ao centro, interligadas entre si, dispostas mais ou menos concentricamente; margem excedente no mais jovem e nem por isso nos mais maduros;
- Lâminas de cor branca (marfim), espaçamento apertado e inserção livre;
- Pé cilíndrico, mais ou menos encurvado na base, com um tufo de micélio e cordões micelares na base, com cor clara desde creme a rosado, fibriloso na parte superior e com anéis irregulares na parte inferior constituídos por escamas pequenas (os exemplares ao centro nas fotografias tinham um conjunto de anéis na parte inferior do pé mais marcado que o que figura à esquerda na fotografia). Ao corte a carne apresentou-se branca no chapéu, no pé apresenta várias colorações desde creme rosado a castanho, escurecendo do exterior para o interior e de cima para baixo.




4) Lepiota subincarnata - Secção Ovisporae, Subsecção Helveolinae

Tem as mesmas características da espécie anterior deferindo sobretudo ao nível do chapéu: escamas mais dispersas que na espécie anterior acabando a margem por ser apenas tomentosa e tendência revoluta.





5) Lepiota castanea - Secção Stenosporae

Características principais:
- Chapéu campanulado, parabolóide a plano-convexo; Cutícula castanho-avermelhado nos mais jovens que vai esbatendo com a maturação, sobretudo no exterior da coroa e margem, coberta de pequeníssimas escamas com disposição concêntrica, pubescente, margem apendiculada;
- Lâminas de branco a creme muito claro, espaçamento pouco apertado e inserção livre;
- Pé cilíndrico ligeiramente bulboso na base, mais claro na parte superior mas integralmente coberto de fibrilas e/ou escamas castanhas mais escuras que o chapéu, mais densas na direcção da base, reagindo de cor-de-laranja ao manuseamento.




6) Lepiota clypeolaria - Secção Lepiota
No passado foi esta a primeira espécie deste género que encontrei. De então para cá tenho-a visto algumas vezes.

Características principais:
- Chapéu de campanulado nos jovens a aplanado com um pequeno umbo nos mais maduros; Cutícula de cor laranja acastanhada ao centro sendo creme no restante, aí coberta de pequeníssimas escamas de cor castanha clara, que se vai esbatendo para a margem;
- Lâminas de cor muito clara, espaçamento moderadamente apertado e inserção livre;
- Pé estreitando progressivamente da base para o ápice, com um bulbo na base, de cor cremosa, com uma zona anelar mas sem anel, na parte superior desta praticamente glabro, na parte inferior flocoso.






7) Lepiota cristata - Secção Lilacae
Também encontrei esta espécie algumas vezes no passado. Habitualmente tem um anel no pé o que não acontece com estes exemplares; de acordo com a FAN o anel pode estar presente ou não.

Características principais:
- Chapéu de forma convexa-campanulada com um pequeno umbro descentrado; Cutícula de cor base branca, revestida na parte central por uma calote de escamas de cor alaranjada que degenera em círculos concêntricos no restante de cor mais clara; margem apendiculada;
- Lâminas de cor branca a creme com algumas manchas acastanhadas, espaçamento moderadamente apertado e inserção livre;
- Pé cilíndrico, fibriloso, branco com tons acastanhados-avermelhados, tufo de micélio e pequenos cordões micelares na base.




Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lepiota spp. em Monsanto

Mensagem  Zamanita em Seg 12 Nov 2012, 23:36

Olá lebre. Aí vai a minha opinião:
A primeira parece-me Echinoderma aspera, (segundo o Indexfungorum, E. asperum).
A 2a desconheço.
A 3a poderá ser mas também poderá ser L. brunneolilacea.
A 4a parece ser.
A 5a parece-me muito clara para ser a L.castanea...
A 6a é a que me apresenta menos dúvidas, por ser a que conheço melhor...
A 7a também parece ser...
Que belas descobertas!! Género difícil, este...
Um abraço

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lepiota spp. em Monsanto

Mensagem  Lebre em Ter 13 Nov 2012, 19:28

Obrigado, Zamanita, por tão rápida resposta.
Como disse na mensagem tenho muito pouca experiência deste género. Por isso as notas que se seguem relativamente às tuas apreciações são de imagens que vi e das descrições que consultei na FAN.

"A primeira parece-me Echinoderma aspera, (segundo o Indexfungorum, E. asperum)."
A 1ª pode efectivamente ser a espécie que dizes. No entanto, essa espécie tem anel, que sendo frágil pode desaparecer com o desenvolvimento, mas sendo os exemplares muito jovens se existisse anel ainda lá estaria (o exemplar mais pequeno parece ter começado a expandir o chapéu estando este ainda meio fechado). Outro aspecto tem que ver com a configuração e dimensões das escamas, uma das razões que me levou a optar pela espécie que propus. Em E. asperum são +/-piramidais e na base de cada uma há uns flocos (qual lã); Em L. carinii são de menores dimensões e não têm os ditos flocos, sendo facilmente removíveis.

"A 3a poderá ser mas também poderá ser L. brunneolilacea."
Não conheço L. brunneolilacea. Agora vi que ela aparece na chave da FAN mas é uma das poucas que não tem descrição. Vou tentar saber mais pormenores sobre esta espécie.

"A 5a parece-me muito clara para ser a L.castanea..."
Efectivamente assim é, mas na descrição desta espécie na FAN este desvanecimento das cores está explicitamente referido. Além disso, se reparares no lado direito do quadro de fotografias vê-se o chapéu de um exemplar que estava enterrado, cujas cores são muito mais escuras e concolores com o pé.

Um abraço,
Lebre

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lepiota spp. em Monsanto

Mensagem  Lebre em Ter 13 Nov 2012, 19:28

Obrigado, Zamanita, por tão rápida resposta.
Como disse na mensagem tenho muito pouca experiência deste género. Por isso, as notas que se seguem relativamente às tuas apreciações são de imagens que vi e das descrições que consultei na FAN.

"A primeira parece-me Echinoderma aspera, (segundo o Indexfungorum, E. asperum)."
A 1ª pode efectivamente ser a espécie que dizes. No entanto, essa espécie tem anel, que sendo frágil pode desaparecer com o desenvolvimento, mas sendo os exemplares muito jovens se existisse anel ainda lá estaria (o exemplar mais pequeno parece ter começado a expandir o chapéu estando este ainda meio fechado). Outro aspecto tem que ver com a configuração e dimensões das escamas, uma das razões que me levou a optar pela espécie que propus. Em E. asperum são +/-piramidais e na base de cada uma há uns flocos (qual lã); Em L. carinii são de menores dimensões e não têm os ditos flocos, sendo facilmente removíveis.

"A 3a poderá ser mas também poderá ser L. brunneolilacea."
Não conheço L. brunneolilacea. Agora vi que ela aparece na chave da FAN mas é uma das poucas que não tem descrição. Vou tentar saber mais pormenores sobre esta espécie.

"A 5a parece-me muito clara para ser a L.castanea..."
Efectivamente assim é, mas na descrição desta espécie na FAN este desvanecimento das cores está explicitamente referido. Além disso, se reparares no lado direito do quadro de fotografias vê-se o chapéu de um exemplar que estava enterrado, cujas cores são muito mais escuras e concolores com o pé.

Um abraço,
Lebre

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lepiota spp. em Monsanto

Mensagem  Loco Gato em Ter 13 Nov 2012, 23:06

Uma coisa que facilita um pouco o estudo dos Lepiota é a forma dos esporos. Há 4 morfologias-tipo que se segregam bem entre secções.

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lepiota spp. em Monsanto

Mensagem  Zamanita em Qua 14 Nov 2012, 16:38

Ok Lebre, quando fiz o meu comentário foi de cabeça, sem consultar bibliografia. Concordo com a identificação de L.carinii, espécie que desconhecia...

Zamanita
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 746
Reputação : 6
Data de inscrição : 05/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lepiota spp. em Monsanto

Mensagem  Lebre em Qua 14 Nov 2012, 23:51

Loco Gato escreveu:Uma coisa que facilita um pouco o estudo dos Lepiota é a forma dos esporos. Há 4 morfologias-tipo que se segregam bem entre secções.
Será certamente útil em sede de microscopia.

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lepiota spp. em Monsanto

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum