Laccaria e ascomiceto, espécies pirófilas?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Laccaria e ascomiceto, espécies pirófilas?

Mensagem  Lebre em Qua 28 Nov 2012, 22:11

No passado fim-de-semana deparei com algo de que não estava à espera. Numa zona devastada pelo fogo no último verão, duas espécies em particular se destacavam pela abundância de carpóforos: um ascomiceto, provavelmente do género Melastiza ou próximo, e um basidiomiceto, do género Laccaria.
No primeiro caso o número de carpóforos era impressionante; numa área de umas centenas de metros quadrados cada um dos arbustos carbonizados possuia na base um aglomerado de algumas centenas de exemplares. As fotografias que anexo dão apenas uma pálida imagem da realidade. No segundo caso, os exemplares estavam mais dispersos mas estendiam-se em todas as direcções de um eucaliptal.
Eu já tinha observado outras espécies, que pareceram desenvolver-se melhor em zonas ardidas (pelo menos tornavam-se mais facilmente notadas pela ausência de vegetação, em consequência do incêndio). Alguém tem experiências semelhantes?

Fotografias:

Ascomiceto




Laccaria



Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Laccaria fraterna?

Mensagem  Lebre em Qua 28 Nov 2012, 23:00

Alguns detalhes relativamente à espécie de Laccaria mencionada na mensagem inicial:

Descrição breve:
Chapéu: de convexo a aplanado com uma depressão central; Cutícula cor de tijolo no disco e coroa e mais clara, com tons amarelado na margem; margem e zona adjacente estriada por transparência;
Lâminas: de cor rosada, inserção adnata e espaçamento afastado com lamélulas (menos de 20 lâminas atingem o pé);
: cilíndrico, concolor com o chapéu ou mesmo mais escuro;
Esporos: ornamentados (cuja ornamentação não consigo discernir), sub-globosos, para os quais obtive as seguintes dimensões médias (aproximadas, pois claro): Me = 8.8 x 8.1 µm ; Qe = 1.1;
Basídios: fiquei com nítida sensação de que se trata de uma espécie bi-espórica, mas o meu equipamento não me permite ser mais afirmativo; pelo menos alguns dos basídos que observei são bi-espóricos.

Em face destas características usei a chave que o Prof. Paulo de Oliveira disponibiliza no "GUME":

Evolução na chave:
1. Lâminas de cor rósea ou concolores ao chapéu, nunca com tonalidades violácea ou lilácea. . . . . . . . . 4
4. Combinação de características diferente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7
7. Chapéu sem tonalidade rósea, 2(–3) esporos tetranucleados por basídio. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
13. Esporos de comprimento médio abaixo de 11 um.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .14
14. Chapéu cor de tijolo (sobretudo no centro), depois ocráceo, subliso, margem estriada, lâminas rosa alaranjado pálido, pé delgado cor de tijolo levemente estriado, equínulas ultrapassando 1,3 um, termófilo e higrófilo, com folhosas (eucaliptos, etc.)
. . . . . . . . . . . . . . Laccaria fraterna (Sacc.) Pegler

Embora Laccaria fraterna não seja propriamente uma espécie que se desenlvolva exclusivamente em terra queimada vi várias referências na internet sobre o seu desenvolvimento nestes habitats, sendo conhecida por se desenvolver sobretudo em eucaliptais, pelo que penso ser esta a espécie em causa.

Fotografias:










Microscopia - Observação da lâmina.

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Laccaria e ascomiceto, espécies pirófilas?

Mensagem  Frans em Qui 29 Nov 2012, 20:46

Hola Lebre, la primera podria ser Inermisia fusispora, sale en quemadas, la segunda parece ser esta en eucaliptus, una especie muy tipica de estos arboles es Laccaria lateritia.

Saludos.

Frans
micélio primário
micélio primário

Número de Mensagens : 37
Fungónimo : Todas las setas se pueden comer, algunas solo una vez.
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/08/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Laccaria e ascomiceto, espécies pirófilas?

Mensagem  Lebre em Qui 29 Nov 2012, 22:21

Obrigado Frans pela tua opinião.
O ascomiceto que indicas, Inermisia fusispora, é de facto muito parecido. Vou tentar obter dados da microscopia. Sabes de algum site da internet onde possa ver a descrição (macro e micro)?
Quanto à Laccaria, as imagens que vi de L. lateritia em "amb muggia" parecem de uma espécie que é escamosa no chapéu, sendo menos estriada, e muito pruinosa no pé. Além disso, L. fraterna também cresce em eucaliptais. Assim, tenho algumas dúvidas.
Saudações,
Lebre

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ascomiceto

Mensagem  Lebre em Sex 30 Nov 2012, 21:14

Alguns detahes relativos ao ascomiceto mencionado na mensagem inicial.








Esporos e paráfises (preparação em NH4OH + Vermelho do Congo); Dimensões médias dos esporos: Me = 17.2 x 9.3 µm ; Qe = 1.9 (N=20);


Depois da adição de uma gota de Melzer à preparação;


Neste quadro a fotografia no canto superior direito foi à margem e ilustra a ausência de pêlos ou sétulas; As restantes são do excípulo:

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Laccaria e ascomiceto, espécies pirófilas?

Mensagem  Lebre em Ter 08 Jan 2013, 22:32

Finalmente consegui aceder a uma página com as descrições macro e micro de Byssonectria fusispora, segundo o "Index fungorum" o nome corrente para Inermisia fusispora: [url=http://www.funghiitaliani.it/index.php?showtopic=71848 ]"funghitaliani"[/url].
Trata-se, efectivamente, de uma espécie muito próxima da que aqui introduzi, mas não me parece ser a mesma. Concluí que ao nível microscópico há algumas diferenças, nomeadamente as seguintes:
- B. fusispora tem esporos com dimensões de 18-23 × 8-10 µm, descritos como elipsóidais estreitos, mas que nas imagens me parecem claramente fusiformes largos (é uma questão de nomenclatura); Os valores que apurei foram de 16-18 x 8-10 µm com valores médios de Me = 17.2 x 9.3 µm ; Qe = 1.9 (N=20). Embora a largura seja semelhante, o comprimento é algo inferior, o que corresponde a uma forma elipsoidal clara nas imagens que coloquei ;
- As paráfises são claramente diferentes: B. fusispora tem paráfises com terminação fina e recurvada, da forma de um stick de hóquei, enquanto o meu exemplar tem as terminação globosas sem serem curvadas.

Lebre
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 1208
Reputação : 9
Data de inscrição : 04/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Laccaria e ascomiceto, espécies pirófilas?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum