Cortinarius cf. torvus

Ir em baixo

Cortinarius cf. torvus

Mensagem  Mr Cross em Sex 27 Nov 2009, 00:33

Boa noite

Mais um caso para analisar

Local: Monte Córdova, Santo Tirso
HABITAT: Sobreiral.
CHAPÉU: Maiores com cerca de 7 cm, hemisférico convexo. Castanho leonado em jovem, depois castanho, com castanho mais escuro ao centro. Rebordo esbranquiçado. Apresentava fissuras na cutícula nos exemplares mais velhos.
PÉ: Claviforme, apresentando uma espécie de volva que cobre o pé até à cintura de abertura do chapéu. Esta "volva" branca apresenta tonalidade violeta, assim como o topo do pé, mais tarde castanho. Carne com tom violeta, castanho em exemplares mais velhos.
HIMENÓFORO: Lâminas rosadas, mais tarde castanhas. Afastadas, com lâminas incompletas intercaladas.
ESPORADA: Castanho escuro.
CHEIRO E SABOR: Não identificado.

No mesmo sobreiral que tenho visitado todas as semanas, encontrei uns pequenos cogumelos que apresentavam uma interessante tonalidade violeta (foto 1 e 2). Na semana seguinte, voltei a observar o mesmo tipo de cogumelos mas a tonalidade violeta já não estava presente em todos eles (foto 4 ainda é visível). Os cogumelos eram agora castanhos com a margem esbranquiçada e apresentavam fissuras na cutícula do chapéu.
Aspecto interessante era a película, tipo volva, que cobria o pé e as pequenas lâminas incompletas intercaladas.
Admiti que seria a mesma espécie, mas na realidade não faço ideia se será, uma vez que não observei o mesmo espécime.
No guia Collins de R. Courtcuisse não consigo identificar claramente a espécie, o mais próximo parece-me o Cortinarius stillatitius Fr (=C. integerrimus). Pelo guia “Cogomelos de Galicia” de JMC Marcotte et al, a descrição do Cortinarius torvus aproxima-se, mas a foto disponível não ajuda à identificação, poderia quanto muito aproximar-se do que descrevi como estado jovem.
Será que são uma só espécie ou são mesmo duas?
Apenas diria que são Cortinarius sp., a espécie já é mais difícil de identificar.
Cumprimentos












Mr Cross
micélio primário
micélio primário

Número de Mensagens : 35
Fungónimo : Maizumsacodepleurotus
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/08/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cortinarius cf. torvus

Mensagem  Sabino em Sex 27 Nov 2009, 18:12

A mi me parecen diferentes fases de la misma especie, Cortinarius torvus.
http://www.fungoceva.it/CHIAVI/CORTINARIUS/Cortinarius_torvus.htm
Un saludo.

Sabino
Primordia
Primordia

Número de Mensagens : 142
Fungónimo : Geoglossum
Reputação : 1
Data de inscrição : 23/11/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cortinarius

Mensagem  Mr Cross em Sab 28 Nov 2009, 13:45

Olá Sabino

Parece que me aproximei mesmo na identificação.
Pela imagem que indicaste não haverá lugar a dúvidas.
Já vi que vale a pena procurar recolher o máximo de informação para facilitar a identificação a quem conhece.
cumprimentos

Mr Cross
micélio primário
micélio primário

Número de Mensagens : 35
Fungónimo : Maizumsacodepleurotus
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/08/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cortinarius cf. torvus

Mensagem  Loco Gato em Seg 30 Nov 2009, 03:12

Série de fotos fantástica. Os cortinários tornam-se relativamente fáceis de delimitar se fizermos as observações correctas (o guia de Courtecuisse mencionado sugere-as, v. abaixo) e, sobretudo, se também houver observações em várias fases do desenvolvimento. Nesse aspecto, está aqui algo de lapidar, os meus parabéns.

O véu universal que cobre o pé até quase ao alto e se rompe superiormente com a separação da margem do chapéu está muito bem documentado na 1ª foto, enquanto na segunda se vê em detalhe o véu parcial ligando ainda ao pé, esses fios são a chamada cortina.

Concordo que será Cortinarius torvus, e para lá chegar com o auxílio desse guia devia verificar-se:

1 - se há viscosidade no chapéu ou no pé (o subgénero Myxacium, onde pertence C. stillatitius, tem-na em ambos, o Phlegmacium apenas no chapéu) - dá a ideia que em nenhum, os exemplares jovens estão húmidos mas não viscosos, parece-me.

2 - testar com KOH a 20% para verificar reacção vermelha a castanho escuro (subgén. Cortinarius). Na ausência deste teste, ficam as espécies da secção Leprocybe, onde por exemplo se inclui o C. cotoneus. Excluo esta espécie sobretudo pelo aspecto da região anular, bastante diferente nos exemplares maduros em relação a fotos na net. Mas o teste dava jeito.

3 - Excluídos os Dermocybe pelas suas cores demasiado vivas, restam os Sericeocybe e os Telamonia, onde encontramos o C. caninus e o C. torvus, respectivamente. Novamente são as fotos dos exemplares jovens a auxiliarem na distinção pelo aspecto mais denso da "meia" formada pelo véu, a que se juntam as lâminas muito espaçadas para o género Cortinarius, e a associação com folhosas (sobreiro).

Mas veja-se como os exemplares variam de aspecto, sobretudo quando maduros. Um dos motivos para não dizer que são mais de uma espécie é que, no mesmo ponto, ao contrário por exemplo das Russula, não é normal encontrarem-se diferentes cortinários. Regra bem falível, mas até agora...

Loco Gato
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 363
Idade : 58
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/12/2007

Ver perfil do usuário http://www.dbio.uevora.pt/ectoiberica/GUME/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cortinarius cf. torvus

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum