cantharellus cibarius

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

cantharellus cibarius

Mensagem  velho em Qua 02 Dez 2009, 19:04

Habitat - pinhal, emergiam de terra;
Himénio - pregas anastomosadas? Amarelas;
Chapéu - amarelo, liso, margem flexuosa ou lobulada, forma plana, alguns deprimidos e outros infundibuliforme,
carne branca amarelada.
Pé - cilindrico, ligeiramente mais fino junto à terra, liso, glabro compacto e de carne branca. Mais claro que o chapéu.






A grande dúvida que eu tenho é distinguir entre lâminas e pregas. Acho que as pregas têm os bordos mais arredondados o que eu verifiquei com uma lupa nestes exemplares. O que me provocou a maior dúvida foi um post, penso que do Pedro Claro, em que aparece uma foto de uma espécie conhecida pelo falso cantarelos que tem lâminas com ramificação dicotómica que me parecem, na foto, com os bordos ainda mais arredondados do que estes. Gostava dum esclarecimento porque encontrei "no meu território" uma boa quantidade. Já agora li algures que esta espécie também aparece na primavera. È verdade?

velho
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 73
Fungónimo : velho
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  velho em Qua 02 Dez 2009, 19:06

Desculpem, a primeira foto está muito fraca.

velho
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 73
Fungónimo : velho
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Pedro Claro em Qua 02 Dez 2009, 20:16

Imagina pregas como sendo uma estrutura 'puxada' do contexto do chapéu, como uma montanha que se eleva aquando do choque de placas tectónicas. Lâminas é uma estrutura claramente separada diferente do contexto do chapéu. As lâminas são mais ou menos finas, como a aresta de uma folha de papel; as pregas assemelham-se mais a uma folha de papel dobrada (mas não vincada).

Esta espécie apresenta pregas, sem sombra de dúvida (portanto, é um Cantharellus) e as anastomoses são claramente visíveis na 3ª fotografia, na parte superior da mesma.


Última edição por Pedro Claro em Qui 03 Dez 2009, 23:17, editado 1 vez(es) (Razão : Pequena correcção de um termo que poderia originar dúvidas.)

Pedro Claro
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 1398
Idade : 44
Reputação : 10
Data de inscrição : 10/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

r...

Mensagem  Alfaiate em Qua 02 Dez 2009, 20:18

boas...
Não estou recordado dessas fotos do Pedro....mas este exemplar é claramente um Cantharellus cibarius... se esse pormenor lâminas/pregas te suscita dúvidas...observa bem outros pormenores que diferenciam bem os Cantharellus dos Higrophoropsis aurantiaca(falso canterelo)....como o cheiro e a consistência da carne..
Pela minha experiência...com água em abundância...desde que esteja muito frio...há sempre Cantharellus...
boas colheitas

Alfaiate
micélio primário
micélio primário

Número de Mensagens : 48
Idade : 38
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/03/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Pedro Claro em Qua 02 Dez 2009, 20:22

O tópico a que o velho se refere é este: Hygrophoropsis aurantiaca

As lâminas parecem, de facto, algo grossas, mas tal deve-se ao facto de ser um exemplar jovem. Os exemplares adultos têm lâminas com arestas mais finas e que encaixam melhor na explicação que dei acima.

Pedro Claro
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 1398
Idade : 44
Reputação : 10
Data de inscrição : 10/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  velho em Qua 02 Dez 2009, 21:33

Obrigado pela ajuda Pedro e Alfaiate.
Já agora, li algures, aqui no forum, que não se deve lavar os cogumelos,
no entanto os cantarelos apanham muita terra. Pergunto como é que vocês
os limpam.

velho
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 73
Fungónimo : velho
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Pedro Claro em Qua 02 Dez 2009, 23:09

Por vezes não há mesmo alternativa e é necessário lavá-los. Sempre que possível deve evitar-se esse método - porque os cogumelos absorvem muita água -, mas eu prefiro um cogumelo um pouco mais deslavado do que sentir areia ao trincar...

Pedro Claro
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 1398
Idade : 44
Reputação : 10
Data de inscrição : 10/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  lazarodakini em Qui 03 Dez 2009, 12:17

Para o pé e o chapéu uso uma esponja, para as lâminas ou pregas uso um pincel aspero.
avatar
lazarodakini
micélio primário
micélio primário

Número de Mensagens : 40
Idade : 37
Fungónimo : tortukini
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/11/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Nuno em Qui 03 Dez 2009, 17:30

lazarodakini escreveu:Para o pé e o chapéu uso uma esponja, para as lâminas ou pregas uso um pincel aspero.

Eu uso exactamente o mesmo. Wink
avatar
Nuno
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 671
Fungónimo : Nunarov
Reputação : 1
Data de inscrição : 24/10/2008

Ver perfil do usuário http://www.olhares.com/NunoMushroom

Voltar ao Topo Ir em baixo

Um dos meus preferidos

Mensagem  manel em Qui 03 Dez 2009, 19:33

Gosto imenso deste cogumelo.

Eu não tenho problema em lavá-los em água corrente. A sua fragrância a damasco, solta-se depois da lavagem. Se for para cozinhá-los de imediato não há problema, eles aguentam bem a água. Se for conservar no frigorífico, é só deixá-los secar um pouco.

Pedro essa analogia às placas tectónicas, é supimpa!

Até breve!

Manel
avatar
manel
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 635
Idade : 52
Humor : Mau feitio. Cuidado :-)
Fungónimo : Micofágico
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/08/2008

Ver perfil do usuário http://aromancias.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Pedro Claro em Qui 03 Dez 2009, 23:19

manel escreveu:

Pedro essa analogia às placas tectónicas, é supimpa!


Obrigado... Por vezes o neurónio resolve trabalhar. What a Face

Pedro Claro
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 1398
Idade : 44
Reputação : 10
Data de inscrição : 10/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Será o mesmo?

Mensagem  Eduardo em Ter 08 Dez 2009, 20:32

A descrição é muito idêntica, só foi colhido num pinhal perto de Esposende, pelo que vi deu-me a entender que tinham limpado o terreno à muito pouco tempo e está “infestado” de cogumelos muito jovens desta espécie.

Efectuei uma prova e não tinha gosto e também não senti o picante como refere o livro que eu possuo, a não ser que eu não o fizesse a prova como deveria.

Fica sempre a dúvida com o falso cantarelo.

[img][/img]

Eduardo
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 70
Fungónimo : ed
Reputação : 0
Data de inscrição : 10/11/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Pedro Claro em Ter 08 Dez 2009, 20:44

Este não é falso; é um verdadeiro Cantharellus. Laughing

Pedro Claro
Basidiocarpo
Basidiocarpo

Número de Mensagens : 1398
Idade : 44
Reputação : 10
Data de inscrição : 10/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  velho em Ter 08 Dez 2009, 20:59

Aproveita Eduardo, são os melhores que comi até hoje.
O cheiro é excelente, a damasco.
Tenho colhido exactamente nos locais identicos aos que descreves, pinhais
recentemente limpos.

velho
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 73
Fungónimo : velho
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Eduardo em Ter 08 Dez 2009, 21:18

velho escreveu:Aproveita Eduardo, são os melhores que comi até hoje.
O cheiro é excelente, a damasco.
Tenho colhido exactamente nos locais identicos aos que descreves, pinhais
recentemente limpos.
Já agora como a melhor maneira de os arranjar?
Vou deixar crescerem um pouco, rezar para que ninguém se lembre de os apanhar assim pequenos e vou experimentar.
Li que podem-se conservar em sal, será a melhor maneira?
Obrigada pela ajuda.

Eduardo
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 70
Fungónimo : ed
Reputação : 0
Data de inscrição : 10/11/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  velho em Ter 08 Dez 2009, 21:26

Já os comi numa conserva em azeite que comprei
num workshop com o Carlos Venade. Ando a ver se descubro como
se elabora essa conserva.
Ainda no Domingo comi uma boa quantidade com carne de vaca
estufada. Mas podes fritar em azeite. Se os lavares em àgua deves posteriormente
seca-los ( não é desidratar) e só depois é que se fritam ( salteados ). São excelentes.
Podes desidrata-los, também, para guardar.

velho
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 73
Fungónimo : velho
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Eduardo em Ter 08 Dez 2009, 21:35

Existe algum tópico sobre desidratação de cogumelos?

Eduardo
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 70
Fungónimo : ed
Reputação : 0
Data de inscrição : 10/11/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  velho em Ter 08 Dez 2009, 22:02

Não sei, mas eu quando tenho uma grande
quantidade desidrato-os no forno da seguinte maneira:
coloco os cogumelos partidos numa grelha, ligo o forno nos 40º,
ligo o ventilador, abro ligeiramente a porta ao fim de algumas horas
estão desidratados (tipo bolacha). Depois guardas num frasco de tampa hermética
de preferência esterelizado.

velho
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 73
Fungónimo : velho
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Eduardo em Ter 08 Dez 2009, 22:07

velho escreveu:Não sei, mas eu quando tenho uma grande
quantidade desidrato-os no forno da seguinte maneira:
coloco os cogumelos partidos numa grelha, ligo o forno nos 40º,
ligo o ventilador, abro ligeiramente a porta ao fim de algumas horas
estão desidratados (tipo bolacha). Depois guardas num frasco de tampa hermética
de preferência esterelizado.
Muito obrigada pela dica.

Eduardo
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 70
Fungónimo : ed
Reputação : 0
Data de inscrição : 10/11/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Desidrato em frente ao recuperador

Mensagem  manel em Qua 09 Dez 2009, 02:25

É verdade,

Ponho-os em cima de uma grelha de churrasco, vou virando-os e, quando estão secos e estaladiços, frasco com eles.

Cantharellus e Lactarius, não ficaram grande coisa. Não os volto a secar.

Boletus concentram imenso o cheiro, são óptimos para aromatizar risottos e manteigas.

Macrolepiota procera, ficam fofos e estaladiços. Retêm um aroma subtil e recuperam a sua textura quando hidratados. Rendem muito.

Lycoperdum perlatum, corto-os aos quartos longitudinais e tb os seco. Conferem um aroma forte aos pratos.

Laccaria amethystina, sequei-as inteiras. Valem pela aroma tb. Mas ficam sempre palhentas. No entanto são agradáveis frescas salteadas, com legumes, outros cogumelos num risotto ou num ovos revueltos mal passados.

Aconselho todos, vivamente a experimentarem secar os seus cogumelos. Diferentes tipos, diferentes resultados que sempre me surpreendem.

Até breve!

Manel
avatar
manel
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 635
Idade : 52
Humor : Mau feitio. Cuidado :-)
Fungónimo : Micofágico
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/08/2008

Ver perfil do usuário http://aromancias.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Secar Laccaria amethystina e Lycoperdum perlatum

Mensagem  Mr Cross em Qua 09 Dez 2009, 19:14

Olá Manel

Este ano vi muitas Laccaria amethystina e Lycoperdum perlatum. Nunca experimentei cozinhá-los.
Vale mesmo a pena gastronomicamente? Os comentários que tenho visto sobre a Laccaria é que será um comestível medíocre.
Cumprimentos

CC

Mr Cross
micélio primário
micélio primário

Número de Mensagens : 35
Fungónimo : Maizumsacodepleurotus
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/08/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  velho em Qua 09 Dez 2009, 19:59

Acho que o Laccaria acrescenta um valor mais estético ao prato,
cozinhada com ovos. O contraste entre o azul e amarelo.

velho
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 73
Fungónimo : velho
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Valores gastronómico

Mensagem  manel em Sex 11 Dez 2009, 17:14

Viva boa gente!

Vale a pena cada um experimentar e avaliar por si.

A Laccaria amethystina é boa nuns revueltos. Ontem fiz uma polme e fritei umas poucas com outros cogumelos, como C. cibarius. Ainda assim, quando tenho muitas seco-as. Gosto imenso de risotto e elas são boas para aromatizar a calda, apesar de a seguir não prestarem para comer.

Vejo à venda C. cibarius secos. No entanto, pessoalmente, acho que não valem o trabalho. Prefiro conservá-los em azeite e vinagre.

Os L. perlatum, são bons salteados frescos. Secos rehidratam bem e ficam agradáveis. Como cogumelo pequeno e com aquela forma engraçada, vou tb experimentá-los fritos passados na polme. Um prato de pequenos cogumelos panados e fritos ( amethystinas, cibarius e perlatuns), temperados com um pouco de sal fino e sumo de limão, ficam com um aspecto de calamares à romana, devem ir bem com um vinho branco ou bejecas, a meio da tarde ou antes do jantar. Porque não chamá-los cogumelos à romana?

Há um ano encontrei estes Sarcodon. Laminei-os e sequei-os. Qual não foi a minha surpresa, quando os experimentei e dei-os a experimentar: Marcharam assim mesmo de aperitivo, com umas cervejas. Mais tarde usei-os para dar consistência e aroma a uma sopa e grão. Muito bom.

Ontem peguei numas fatias de um grande Lactarius piperatus e aromatizei um pouco de azeite com elas. O resto está a secar. Li algures, talvez aqui mesmo nalgum post que só uns povos do Báltico o comem depois de muito cozê-lo e que mais ninguém lhes liga em termos gastronómicos. O que sei é que tem um aroma muito agradável. Vamos ver no que dá.

Na cozinha, conferir valor ao que poucos ligam, é para mim um desafio aliciante.

É claro que isto são os meu gostos e de alguns amigos que os provaram, logo discutíveis.

Até breve!

Manel
avatar
manel
Carpóforo
Carpóforo

Número de Mensagens : 635
Idade : 52
Humor : Mau feitio. Cuidado :-)
Fungónimo : Micofágico
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/08/2008

Ver perfil do usuário http://aromancias.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Valores gastronómicos

Mensagem  herminia em Sex 11 Dez 2009, 19:09

Já que se fala em conservar C. cibarius posso dar uma dica ao Eduardo. Além das maneiras que já foram aqui descritas, eu desafio-o a ver a foto daTarte de C. cibarius que postei aqui no Forum há um ano atrás. Pois é: também dá e muito bem para se confeccionarem sobremesas doces. Fiz uma calda com açúcar e um pouco de água e um pau de canela e parti ao meio cada cogumelo e depois deixei cozinhar até fazer ponto de pérola. Poderá também adicionar um pouco de vinho do Porto para aromatizar. depois é só guardar em frascos devidamente esterilizados.


Só para que conste também fiz o mesmo com Amanita caesarea, este ano e fica ÓPTIMA. santa

Herminia
avatar
herminia
micélio primário
micélio primário

Número de Mensagens : 46
Idade : 61
Reputação : 0
Data de inscrição : 17/11/2008

Ver perfil do usuário http://ambi.forums-free.com     -    http://cubata-angola.forums

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  velho em Sex 11 Dez 2009, 19:23

Olá Manel,
como é que conservas os C. cibarius em azeite e vinagre?
Dá para postar a receita Very Happy
Já agora fiz uma conserva com Hydnum ( depois coloco aqui ), que no final de todo escorrido
coloca-se num frasco e cobre-se com azeite. A minha dúvida é se depois disso se colocam os frascos em banho maria para fazer o vácuo. Gostava que alguém me desse uma dica já que não encontrei essa parte bem explicada. Algumas receitas em que o liquido é vinagre eles provocam o vácuo, mas com azeite não sei se é necessário.

velho
micélio secundário
micélio secundário

Número de Mensagens : 73
Fungónimo : velho
Reputação : 0
Data de inscrição : 30/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: cantharellus cibarius

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum